Traduza para o seu idioma

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

O aconchego do ninho.

O passarinho chegou ao ninho
e aconchegou-se num cantinho.
Adormecendo de imediato
num elegante soninho.

Está frio.
É  tempo do aconchego do ninho.

O ninho é o nosso lar.
Aquele que nos recebe sempre
sem nunca se queixar.

É o nosso porto-de-abrigo
em tempos de solidão.
E de encanto em noites de verão.

O meu ninho é o meu encanto.
Lugar de descanso e de paz.
Lugar onde me sento a ler
e onde é costume escrever.

Um lugar que me apraz,
e que satisfaz o passarinho.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue