Traduza para o seu idioma

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Sonho Solto

Deitei-me cedo
e estranhamente adormeci
no entanto sonhei
que ainda estava aqui.

Escrevia e rescrevia
numa volúpia gestual,
que de repente petrifiquei
perante algo contextual

Ouvi uns ruídos
do lado de fora da janela
Fui espreitar, porém,
não vi ninguém.

Mas a respiração continuava.
E algo lá fora acontecia
Tentei desesperadamente fugir
mas meu corpo não obedecia.

Sem me mover um milímetro
tentei falar, mas não deu.
tentei gritar, então emudeci.
O pânico me envolveu
e os sentidos perdi.

E acordei estremunhada
e tentei levantar-me,
estranhamente não deu
senti algo a segurar-me.

Então,gritei! E acordei.
Afinal dormia e eu nem sabia.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.


Sem comentários:

Arquivo do blogue